Notícias
  30/12/2019 às 9h50

Zé Neto e Cristiano planejam DVD apenas de modões com parcerias de medalhões do sertanejo


0
0
Zé Neto e Cristiano planejam DVD apenas de modões com parcerias de medalhões do sertanejo

A dupla Zé Neto e Cristiano mal lançou seu último EP, liberado no início de dezembro, e já pensa em qual pode ser o próximo trabalho da dupla. A ideia seria um DVD repleto de modões, 100% com parcerias, tanto de amigos como de medalhões do sertanejo.

"Esse é um grande sonho nosso, quem sabe não saia em 2020. A gente já está querendo há muito tempo", afirma Cristiano, citando nomes como Chitãozinho e Xororó e Daniel. Com esse último, os dois até já trabalharam juntos quando lançaram "Cheiro da Terra" (2019).

A dúvida fica apenas quanto ao ano de 2020. A dupla ainda vai lançar outros EPs do último projeto, "Por Mais Beijos ao Vivo", antes de trazer aos fãs o DVD completo, que foi gravado em outubro, em Belo Horizonte. A forma de lançamento, aos poucos, é nova para a dupla, que agora aguarda para ver o retorno do público.

"A gente está muito confiante e apostando muito nesse repertório, mas vai depender do público. Se nossos fãs abraçarem esse projeto, como a gente espera, esse ano talvez não tenha DVD, só no ano seguinte. Mas se as pessoas consumirem mais rápido, a gente terá que pensar em novas músicas", avalia Zé Neto.

Ao todo, o projeto "Por Mais Beijos ao Vivo" conta com 25 canções, sendo 21 inéditas e 4 regravações. Questionados sobre quais seriam as apostas de sucesso, Zé Neto cita "Barzinho Aleatório", "Beijo de Autoajuda". "'Bebi Minha Bicicleta' já é sucesso, já está pedalando", diz ele, em tom de brincadeira.

Cristiano afirma gostar e acreditar no sucesso de "Banda Cover". "Mas ao mesmo tempo em que eu acredito nela [na música], ela é uma canção diferente, então pode ser que as pessoas não se acostumem com Zé Neto e Cristiano cantando aquele tipo de música", avalia o sertanejo.

MANTENDO O SUCESSO
Com oito anos de estrada, a dupla comemora o fim de 2019 como seu segundo melhor ano, atrás apenas de 2018 quando eles estouraram com a canção "Largado às Traças, e diz que manter a qualidade é uma preocupação constante. "A cada ano fica mais difícil. A gente costuma dizer que fazer sucesso é muito difícil, permanecer nele é mais ainda", afirma Zé Neto.

"A gente se preocupa muito em cantar o que a gente gosta, isso é o mais importante. Então tudo que chega para gente é filtrado. É um mercado que não para, o tempo todo você tem que lançar coisa nova. O desafio é se reinventar sem perder suas características, suas essências. Até agora, nós fomos muito felizes em nossas escolhas", completa ele.

+ Siga a rádio FM Super também pelo Facebook, Instagram e YouTube.

Para Cristiano, 2019 foi importante por a dupla ter gravado o melhor DVD da carreira, com músicas pelas quais eles realmente se apaixonaram. "Também foi em 2019 que descobri a gravidez da minha esposa, e o Zé também. Tenho certeza de que quando estiver velhinho, sentado com meus filhos e netos, vou lembrar desses dois anos [2018 e 2019]", afirma Cristiano.

O único plano que Zé Neto e Cristiano tinham para 2019 e que não foi alcançado foi o de reduzir o ritmo de trabalho. Segundo os dois, as dobras de shows (quando fazem duas apresentações na mesma noite) diminuíram, mas eles continuaram a fazer, em média, 25, 26 shows por mês.

"Hoje completamos 36 dias sem voltar para casa. E fomos para casa só para dormir, por que no dia seguinte já estamos aqui dando entrevista. Estava com saudade demais, saudade de ficar em casa, saudade de brincar com meu cachorro", afirma Cristiano ao receber a reportagem no início de dezembro.

Dessa forma, a dupla está levando para 2020 essa expectativa de reduzir o ritmo e ter mais tempo para a família e para eles mesmos. Agora os dois querem acabar com as dobras de show e derrubar para metade o número de total de apresentações no mês. Mas parar mesmo, eles descartam.

ROMANTISMO, NÃO PEGAÇÃO
Após um começo de carreira marcado por músicas ousadas, focadas em pegação, Zé Neto e Cristiano se consolidaram como nome forte do sertanejo quando aderiram ao romantismo e à sofrência. Perguntados se voltariam a fazer músicas como "Tem Que Ter Pegada" e "Festado do Cabide", eles são taxativos no não.

"Essa fase já foi. Nós não gravamos mais nada falando disso. A gente fala de cachaça, bebedeira, do que a gente entende [risos]. Mas foi uma época muito proveitosa de nossas vidas, de lá vieram muitas oportunidades, mas é um papo mais ultrapassado. A moda são as dores de amor, superação, família", afirma Zé Neto.

Zé Neto é casado atualmente com a influenciadora Natália Toscano, com quem tem um filho, Zé Filho, e espera a segunda filha, Angelina, para maio. Já Cristiano é casado com a blogueira Paula Vaccari, com quem tem uma filha, a pequena Pìetra. Ele também espera pelo segundo filho, que será chamado de Cristiano (igual ao nome artístico do cantor, que se chama Irineu).

Nessa fase mais romântica, a dupla foi a mais ouvida no ano de 2018, no Deezer e no Spotify; e a segunda mais ouvida em 2019, ficando atrás apenas de Marília Mendonça, no Deezer. No Spotify, eles ficaram em sexto lugar entre os artistas mas ouvidos do ano.

Fonte: Tribuna Online

Link da matéria original:
https://tribunaonline.com.br/ze-neto-e-cristiano-planejam-dvd-apenas-de-modoes-com-parcerias-de-medalhoes-do-sertanejo

sombra

Promoções
sombra

Artista em Destaque

354
49

Amigos da Super