Notícias
  23/06/2016 às 11h28

Missa pelo 1 ano da morte de Cristiano Araújo reúne 3 mil pessoas


Missa pelo 1 ano da morte de Cristiano Araújo reúne 3 mil pessoas

A missa pelo um ano da morte de Cristiano Araújo e sua namorada, Allana Moraes, começou pontualmente às 19h30, nesta quarta-feira. E, logo no início, o padre Marcos Rogério de Oliveira, amigo do cantor sertanejo, fez questão de dar o tom da cerimônia religiosa.

"É dia de ser feliz. Deixem a tristeza de lado. Deus nos quer sorrindo", disse o celebrante no altar montado no estacionamento da Paróquia Nossa Senhora da Assunção, igreja que Cristiano Araújo costumava frequentar em Goiânia (GO).

+ Siga a rádio FM Super também pelo facebook.com/radiofmsuper e pelo Instagram.

Foi montada uma estrutura para receber até dez mil pessoas, mas, segundo a Polícia Militar, o público foi de três mil. Os pais de Cristiano e Allana, além dos filhos do sertanejo, João Gabriel, de 7 anos, e Bernardo, de 3, acompanharam a cerimônia do altar.

"Hoje estamos celebrando a vida e não a morte. Estamos rezando para aqueles que um dia tivemos que entregar ao pai. O Cristiano e a Allana viveram com toda a intensidade. Então erga os seus braços e diga hoje ao Senhor que você entrega sua vida, sua casa e sua saudade", disse o padre.

Em um dos momentos mais emocionantes da missa, o religioso chamou os pais de Cristiano e Allana para a frente do altar e pediu para que todos rezassem por eles. Nessa hora, o pai de Allana não segurou as lágrimas. "Os dois continuam vivos e felizes. A vida sempre vence a morte", falou o padre Marcos.

As homenagens no final da missa também foram emocionantes. Amigo de Cristiano Araújo, Gabriel Gava cantou uma música que ele compôs para o sertanejo. Já Felipe Araújo, irmão de Cristiano, interpretou "Noites Traiçoeiras", canção religiosa que o artista gostava muito.

Fonte: EGO

sombra

Promoções
sombra

Artista em Destaque

103
7

Amigos da Super