Notícias
  12/05/2016 às 12h33

Dilma é notificada e afastada da Presidência da República


Dilma é notificada e afastada da Presidência da República

A presidenta Dilma Rousseff foi notificada há pouco no Palácio do Planalto pelo primeiro-secretário da Mesa Diretora do Senado, senador Vicentinho Alves (PR-TO) de seu afastamento do cargo após a proclamação do resultado da votação da admissibilidade do processo de impeachment no Senado.

O Palácio do Planalto preparou uma cerimônia no gabinete presidencial, no terceiro andar do prédio, onde Dilma recebeu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ministros, autoridades e personalidades aliadas para assinar a notificação, entregue pelo primeiro-secretário da Mesa Diretora do Senado.

O ex-presidente Lula chegou às 10h50 ao Palácio do Planalto e foi saudado pela multidão que, depois, passou a gritar Fora Temer.

Antes de deixar o Palácio do Planalto, seu local de trabalho, Dilma fez uma declaração à imprensa.

Em seguida, Dilma saiu do Palácio do Planalto pela porta principal do prédio, no térreo, sem usar a rampa. Ela estava acompanhada de ex-ministros, parlamentares da base aliada e um grupo de mulheres.

Do lado de fora do palácio, movimentos sociais que apoiam o governo fazem nova manifestação contra o impeachment.

Dilma permanecerá no Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência da República, a poucos quilômetros do Planalto, durante o tempo em que deve ficar afastada.

Como foi

O Senado aprovou hoje (12), por 55 votos a favor e 22 contra, a admissibilidade do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Com isso, o processo será aberto no Senado e Dilma será afastada do cargo por até 180 dias, a partir da notificação. Os senadores votaram no painel eletrônico. Não houve abstenções. Estavam presentes 78 parlamentares, mas 77 votaram, já que o presidente da Casa, Renan Calheiros, optou por não votar.

 

Fonte: Folha Vitória

Foto: Agência Brasil

sombra

Promoções
sombra

Artista em Destaque

264
38

Amigos da Super