Notícias
  13/06/2016 às 13h23

"#CompartilheoBem": Governo do Estado lança campanha para reduzir a criminalidade



A Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp) lançou, na manhã desta segunda-feira (13), em Vitória, uma nova campanha para diminuir os índices de violência urbana no Espírito Santo.

Os vídeos mostram situações em que cidadãos, sem saberem que estavam sendo filmados, são vistos realizando boas ações como, por exemplo, ajudar uma senhora a levar as compras do supermercado ou a atravessar uma rua. Atitudes como essa que, segundo o governador do Espírito Santo, Paulo Hartung (PMDB), deve começar em casa.

"Não se pode ter uma criança no mundo e depois empurrá-la para a escola e deixar que os professores eduquem essas crianças. A escola é ótima para ensinar história, matemática, português, mas isso não substitui a educação de pai e mãe. O combate à violência e a promoção da cultura da paz começa dentro de casa, na criação do filho e não com a polícia", afirmou.

Para chegar à campanha "#CompartilheoBem", institutos e secretarias de governo realizaram pesquisas com os bairros de maior vulnerabilidade social, além de entrevistar mais de seis mil adolescentes e jovens capixabas que estão fora da escola.

"Nós realizamos uma pesquisa inédita no Brasil visitando os 24 bairros de maior vulnerabilidade social. Tudo isso nos ajudou a formular a campanha que lançamos hoje", disse a secretária de Ações Estratégicas, Gabriela Lacerda.

O secretário Estadual de Segurança Pública (Sesp), André Garcia, que também esteve na solenidade, aproveitou a oportunidade para destacar os números positivos de elucidação de crimes e redução de homicídios, no Espírito Santo.

"Temos uma conquista histórica. Em 2016 temos o menor número de homicídios nos últimos 23 anos no Espírito Santo. Tivemos 21% na redução de homicídios apenas neste ano. Isso é fruto de um trabalho longo que combate a cultura atrasada de uma suposta superioridade de gênero. Temos que afastar a cultura do individualismo, egoísmo e violência que começa em casa. Não basta só reduzir o número de homicídios, toda a sociedade precisa fazer a sua parte", discursou.

Espírito Santo registra quase um caso de estupro de vulnerável por dia

Hartung aproveitou o gancho de o Brasil ter sido eliminado na Copa América Centenário e disse que o governo vai fazer "gols": "Nós vamos fazer o que a seleção brasileira não faz, que é fazer 'gols'. Vamos fazer 'gols' na cultura da paz e promover o bem e boas práticas", concluiu.

Durante o lançamento da nova campanha da Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp) de combate á violência, um número ajuda a mostrar os motivos dos crimes de homicídio no Espírito Santo. Cerca de 40% de todas as mortes registradas acontecem por motivos banais.

São crimes de homicídio em que os motivos das mortes são a intolerância, brigas eventuais e outras banalidades. A informação é do secretário Estadual de Segurança Pública, André Garcia.

"São mortes que poderiam ser evitadas se houvesse diálogo ao invés da violência. É importante destacar que a violência começa em casa, e o enfrentamento dela também. Por isso a campanha '#CompartilheoBem" promove o diálogo entre a sociedade", conta Garcia.

 

Fonte: Folha Vitória

sombra

Promoções
sombra

Artista em Destaque

209
28

Amigos da Super