Notícias
  07/07/2016 às 14h08

Atenção motoristas! Uso de farol baixo durante o dia será obrigatório a partir desta sexta-feira


Atenção motoristas! Uso de farol baixo durante o dia será obrigatório a partir desta sexta-feira

A partir desta sexta-feira (08) será obrigatório o uso do farol baixo durante o dia em rodovias federais. Quem descumprir a norma será multado no valor de R$ 85,13 e vai somar quatro pontos na carteira.

A proposta da obrigatoriedade do uso do farol baixo durante o dia  teve origem em um projeto apresentado pelo deputado federal Rubens Bueno (PPS-PR). De acordo com o parlamentar, depois que a obrigatoriedade foi adotada nas rodovias dos Estados Unidos, o número de acidentes frontais diminuiu em 5%, e o número de outros acidentes, como atropelamentos e acidentes com bicicletas, reduziu em 12%. Já na Argentina, ainda de acordo com o deputado, estudos mostraram que o número de acidentes diminuiu 28%.

O projeto foi aprovado pelo Senado no mês de abril este ano e foi sancionado pelo presidente interino Michel Temer um mês depois.

Para a Inspetora da Polícia Rodoviária Federal no Espírito Santo, Carolina André, o uso do farol baixo durante o dia aumentará a segurança dos motoristas e diminuirá o risco de acidentes.

“ O veículo que estiver com o farol baixo ligado será visto por quem vier no sentido contrário da via, e certamente irá diminuir o número de atropelamentos, colisões frontais com outros carros e colisões com bicicletas. Além disso, evitará também a possibilidade de colisões traseiras porque as lanternas serão ligadas quando o farol for utilizado”, afirma.

A inspetora disse ainda que a PRF vem realizando campanhas de conscientização com os motoristas nas rodovias que cortam o Estado desde o mês de maio. A partir desta sexta as multas serão aplicadas, mas a campanha continua.

“A princípio não iremos realizar fiscalização específica (blitz) para verificar o uso do farol baixo, mas estaremos atentos aos motoristas e multaremos se for preciso”, finaliza.

Multas ficarão mais caras

Independente de onde o motorista trafegar ele deverá ficar atento. A partir de novembro todas as multas de trânsito ficarão mais caras. O aumento faz parte do pacote de mudanças sancionada pela presidente afastada, Dilma Roussef, em maio deste ano.

Quem insiste em dirigir falando ao celular, se for flagrado, pagará mais caro. A multa para esta infração teve a maior alta entre todas as outras que sofreram reajuste. Além do custo, ela deixará de ser considerada média, passando a gravíssima que sobe de R$ 191,54 para R$ 293,47.

Já as infrações leves terão reajuste de 66% e sobem de R$ 53,20 para R$ 88,38. As infrações médias e graves também terão aumento.  O diretor de habilitação e veículos do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-ES), José Eduardo de Soyza Oliveira justifica o rigor na punição.

“Para alcançar redução nas infrações, inclusive em alguns casos nas mortes em nosso trânsito. A intenção é educar e fiscalizar colocando a imposição destas multas que passaram de médias pra gravíssimas em algumas delas e tendo um reajuste maior nos valores”, explicou o diretor.

Ainda de acordo com o Detran-ES, em primeiro lugar no ranking dos dez tipos de infrações mais cometidas pelos motoristas na Grande Vitória até maio desse na o está transitar em velocidade superior a máxima permitida para a via. Foram registradas 96.785 infrações e em segundo lugar foi avançar o sinal vermelho com 20.907 multas.

 

 

Fonte: Folha Vitória

sombra

Promoções
sombra

Artista em Destaque

207
27

Amigos da Super