Notícias
  14/03/2019 às 9h07

Justiça mantém prisão de jovem que agrediu estudante na Ufes


2
0
Justiça mantém prisão de jovem que agrediu estudante na Ufes

A Justiça decidiu manter a prisão do jovem que agrediu uma estudante da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) quando ela chegava para a aula no campus Goiabeiras, em Vitória. A audiência de custódia aconteceu nesta quarta-feira (13). Deivid Pereira foi autuado por tentativa de homicídio.

Deivid era aluno do curso de física da Ufes desde 2017, conforme informação da Universidade.

O Ministério Público Estadual fez o requerimento da prisão preventiva dele "destacando a extrema gravidade da conduta imputada ao autuado, destacando a necessidade de restaurar a ordem pública".

De acordo com a Justiça, a defesa de Deivid pediu a liberdade provisória dele, com aplicação de medidas cautelares, alegando que ele é doador de sangue, passou no Ifes, é voluntário na Ufes, já teve carteira de trabalho assinada, mas teve que abandonar o trabalho por conta da carga horária da Ufes, destacando, ainda, que ele estava em surto no momento da agressão, requerendo, portanto que seja encaminhado para hospital psiquiátrico.

+ Siga a rádio FM Super também pelo Facebook e pelo Instagram.

A decisão de manter a prisão foi da juíza Raquel de Almeida Valinho, em audiência de custódia:

"Assim, tenho que a soltura do custodiado poderá colocar em risco a segurança social, haja vista a real possibilidade de reiteração delitiva, além do que está presente a periculosidade concreta de sua conduta, bem como, visando garantir a instrução processual e a aplicação da Lei Penal", diz a decisão.

Entretanto, a juíza determinou que ele fosse encaminhado para o Hospital Estadual de Atenção Clínica, em Cariacica.

O caso
O homem tentou estrangular a estudante de Arquitetura e Urbanismo no Centro de Artes, onde fica o prédio do curso, no campus de Goiabeiras.

Ao ser agredida, a estudante gritou e foi socorrida por uma auxiliar de serviços gerais que deu vassouradas no agressor. Logo em seguida, a mulher acionou um vigilante que estava próximo do local foi ajudar a estudante.

"Ele baixou e pegou no pescoço dela e ela começou a gritar socorro: "moça, pelo amor de Deus, me ajuda". Foi o momento que eu corri e peguei a vassoura para acertar ele e ele não soltava por nada. Eu avistei um jovem que era aluno e ele pegou e veio correndo para socorrer. O encarregado veio correndo com o segurança e ela conseguiu se soltar e correr para a secretaria", relatou a mulher.

A estudante foi levada para o Departamento de Atenção à Saúde (DAS) da Ufes onde recebeu atendimento psicológico e assistencial. Ela afirma que nunca tinha visto o agressor antes do ataque.

Prisão
A Gerência de Segurança e Logística da Ufes informou que em uma ação conjunta entre vigilantes da Universidade e policiais militares, o suspeito foi detido e levado para o Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) em Vitória.

Depois do atendimento, a aluna e o vigilante foram para o DPJ prestar depoimento sobre o caso.

Deivid Pereira foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio e será encaminhado para o Centro Triagem de Viana (CTV), onde passará por audiência de custódia.

Ufes
A Administração Central da Ufes informou que, atualmente, a vigilância no campus de Goiabeiras é realizada por meio de vigilantes próprios e terceirizados, além de policiais militares presentes 24 horas no local.

Por motivo de segurança, a Ufes não informa o quantitativo de seguranças e policiais que atuam no campus, mas disse que ainda neste primeiro semestre, o quantitativo de policiais militares no campus será ampliado.

Além da presença de vigilantes, seguranças e policiais militares, o campus de Goiabeiras conta com um sistema de videomonitoramento, com mais de 400 câmeras que funciona 24 horas, segundo a Universidade.

A instituição disse, ainda, que desenvolveu o aplicativo Alerta Ufes, que aciona diretamente a central de videomonitoramento; que poda de árvores que estejam prejudicando a iluminação ou visibilidade de alguma câmera; que faz a manutenção da iluminação e substituição de lâmpadas comuns por lâmpadas de led, além do investimento em equipamentos para os seguranças da Universidade.

Por G1 ES

Link da matéria original:
https://g1.globo.com/es/espirito-santo/noticia/2019/03/13/justica-mantem-prisao-de-jovem-que-agrediu-estudante-na-ufes.ghtml

Tags

Compartilhe:
sombra

Promoções
sombra

Artista em Destaque

258
30

Amigos da Super