ESCOLHA SEUS ARTISTAS CAPIXABAS FAVORITOS
CLIQUE AQUI

Notícias
  20/06/2018 às 10h43

Criminosos se passam por passageiros e assaltam motorista de aplicativo em Vila Velha


0
2
Criminosos se passam por passageiros e assaltam motorista de aplicativo em Vila Velha

Uma motorista de aplicativo foi vítima de assalto no bairro Planalto, em Vila Velha. O crime aconteceu após ela aceitar uma corrida no último domingo (17). A vítima foi rendida por três suspeitos que se passaram por passageiros.

A motorista ainda está bastante abalada por conta do crime. “Eu não voltei a trabalhar, pois não tenho condições psicológicas e até porque levaram minha paz”, disse a vítima.

+ Siga a rádio FM Super também pelo facebook.com/radiofmsuper e pelo Instagram.

A condutora foi rendida pelos três criminosos que entraram no veículo, e segundos depois já anunciaram o assalto. “Aparentemente eram pessoas normais. Quando que chegue identifiquei ela [a passageira], um sentou na frente e os outros atrás. Em seguida fiz a identificação para onde a gente ia, mas já colocaram a faca no meu pescoço, me levaram para o bairro Planalto onde acabaram pegando todo o meu dinheiro do dia e levando meu celular embora. Não levaram o meu veículo, graças a Deus. Não fizeram nada comigo, mas eu tive que andar com uma faca no meu pescoço por mais ou menos um quilômetro”, contou.

A motorista não foi a única vítima da criminalidade. De acordo com a cooperativa de motoristas de aplicativos capixaba, pelo menos oito condutores por semana são alvos dos bandidos. De acordo com a motorista, uma das grandes dificuldades enfrentada pelos condutores é a falta de informação sobre os passageiros. Por esse motivo, por muitas vezes ela chega a cancelar algumas corridas.

“A gente sabe onde a gente vai buscar o cidadão, mas para onde a gente vai é um mistério. Mas você pode cancelar a corrida se o bairro tiver índice de assaltos, assassinatos, essas coisas que acontecem que infelizmente até nos bairros nobres hoje são alvos fáceis”, relatou.

Mesmo depois de registrar o Boletim de Ocorrência, ela ainda não se sente segura em voltar a trabalhar. “Eu fico com medo, até porque eles estão soltos e eu não sei até onde isso vai parar”, afirmou.

A polícia informou que como a vítima apenas registrou o boletim online, o caso ainda não seguiu para investigação da Polícia Civil. Ela precisa ir até a delegacia para finalizar a ocorrência.

Fonte: Folha Vitória

Tags

Compartilhe:
sombra

Promoções
sombra

Artista em Destaque

101
10

Amigos da Super