Notícias
  19/09/2018 às 10h19

Austrália considera terrorismo casos de morangos com agulha


3
0
Austrália considera terrorismo casos de morangos com agulha

Por Gazeta Online

O primeiro-ministro australiano chamou de “terrorismo” os casos registrados no país de morangos com agulhas, que geraram uma onda de pânico no país. Scott Morrison também pediu aos australianos que preparem bolos de morango para ajudar os agricultores e propôs uma mudança na legislação para que os autores do crime possam ser condenados a até 15 nos de prisão.
As autoridades já registraram quase 20 casos de morangos com uma agulha dentro. Os supermercados retiraram as frutas das prateleiras. Muitos produtores destruíram suas colheitas e determinaram uma paralisação dos funcionários.

+ Siga a rádio FM Super também pelo Facebook e pelo Instagram.

As agulhas foram encontradas em várias marcas de morango e em todos os seis estados do país, o que fez a polícia cogitar que há pessoas replicando o ato de um "primeiro sabotador". Os vários incidentes fizeram com que as autoridades orientassem "cautela ao comer a fruta" — transformando o simples prazer de morder um morango em uma atitude de coragem e envolta pelo medo.
A indústria de morangos e as autoridades tentaram tranquilizar a população oferecendo soluções temporárias. "O conselho que damos é que continuem a comer morangos, mas cortem antes para dar uma olhada primeiro", disse a polícia do Estado de Queensland em um post no Facebook. Os produtores se esforçaram para reconquistar a confiança do consumidor, divulgando vídeos em uma fazenda com detector de metais para checar todos os morangos. Pelo menos seis marcas fizeram um "recall" de suas frutas.

 

REPERCUSSÃO INTERNACIONAL
Além das perdas com o mercado doméstico, os produtores sofrem para convencer compradores internacionais sobre a segurança dos produtos. Em entrevista ao "Guardian", Jennifer Rowlings, Associação de Produtores de Morango de Queensland, revelou que alguns parceiros comerciais na Rússia e no Reino Unido já bloquearam as importações, e a Nova Zelândia anunciou que retiraria os morangos australianos dos mercados.
A partir de agora, exportadores terão que provar a segurança de seus morangos com o uso de detectores de metais ou máquinas de raios-X para a obtenção de licença. A Associação de Produtores de Morango de Queensland, que inicialmente disse acreditar que um ex-funcionário descontente estava por trás dos ataques iniciais, agora alega que as frutas foram provavelmente comprometidas "entre o momento em que foram embaladas e o momento em que foram compradas".
"Lamentavelmente, impedir atos aleatórios de extremismo, sabotagem e simples malícia de pessoas com rancor parece ser um desafio crescente em toda a nossa sociedade", informou a associação, em um comunicado.
O ministro da Saúde, Greg Hunt, ordenou uma investigação federal, enquanto o governo de Queensland ofereceu uma recompensa de 100 mil dólares australianos — cerca de R$ 296 mil — em busca de pistas que levem ao culpado.

Link da matéria original: Austrália considera terrorismo casos de morangos com agulha

Tags

Compartilhe:
sombra

Promoções
sombra

Artista em Destaque

211
27

Amigos da Super